A pizza no Brasil

A pizza no Brasil

PIZZA NO BRASIL
A pizza é mais popular prato italiano do mundo., Durante minhas viagens no Brasil, Eu não podia deixar de notar como este prato é muito popular nesta terra. Grande parte deste crédito vai para todos os imigrantes italianos da 1800 em diante eles se mudaram para este belo país. Hoje a pizza tornou-se parte da cultura brasileira, e é um habitual de alimentos, e em muitas receitas tradicionais, você fez algumas variações interessantes de ingredientes para se adaptar às diferentes culturas e gostos locais.
I encontrados on-line um interessante artigo escrito pela revista Super interessante que ele diz que no Brasil existem atualmente 50.000 pizzarias, metade dos quais parece ser no Estado de São Paulo, e a seguire Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Bahia.
Tal como em qualquer outra parte do mundo, cada cidade tem suas preferências, e abaixo um gráfico para mostrar os gostos do povo brasileiro.
A Pizza no Brasil

Gráfico A pizza no Brasil
Gráfico A pizza no Brasil

Dados Summary:

  • A maior parte da nação prefere uma pasta fina
  • A borda é uma média de 2,6 cm
  • Em média, são usados 275 gramas de mussarela
  • Em média são adicionados 10 azeitonas em cada Pizza.
  • Apenas 5% consumidor, pede uma pizza doce.:

Observamos agora as preferências para cada cidade:

São Paulo

  • A Pizza Margherita (pizza mussarela)
  • A pizza de pepperoni (pizza calabresa)
  • A Pizza "Português" com frango e catupiry (pizza "Português" é com ovos cozidos, calabresa, cebola e milho)

La pizza paulistana: São Paulo é a única cidade onde uma boa mussarela domina o paladar, apesar de ser o único lugar onde o pepperoni pizza sem queijo é. Além de, apenas em São Paulo é a preferência por massa de pizza de espessura média.

Algumas pizzas um pouco "exótico: Pizza al sushi, pizza para repolho e manteiga

Porto Alegre

  • A pizza de pepperoni (pizza calabresa)
  • A Pizza "Português"
  • A Pizza com corações de frango, Pizza napolitana e pizza margherita

Os moradores de Porto Alegre são "gaúchos" também em Pizza: entre as exigências são a pizza mais típico, com pequenos corações e pizza de frango com strogonoff.

As pizzas mais exótico: pizza com carne de vitela costeleta, con fraldinha (um corte de carne) e carpaccio

Pizza gráfico no Brasil
Rio

Rio de Janeiro

  • Pizza pepperoni (pizza calabresa)
  • Pizza margherita
  • Pizza "Português"

Os brasileiros gostam de doces e este é confirmado pelas estatísticas sobre Pizza, enquanto os pedidos nacionalmente pizzas doces totalizaram 5% do total de pedidos, a Rio de Janeiro arrivano al 15%, em algumas pizzarias mesmo para 30%

Belo Horizonte

  • Pizza margherita
  • Pizza con pollo e catupiry
  • Pizza pepperoni (pizza calabresa)

Região famosa pela produção de queijo, pizza em Minas Gerais é preferanza com laticínios

O mais original: pizza com queijo derretido e presunto Parma

Salvador de Bahia

  • Pizza "Português"
  • Pizza con pollo e catupiry
  • Pizza margherita ou pepperoni (pizza calabresa)

Não um dos top 3 mas então o pizzas preferência mais tradicional para baiana vai para a pizza com camarões, peixe ou frutos do mar.

O mais exótico: pizza com bacalhau desfiado, ovo e coentro fresco.

(fonte: Gráfico de pizza – Super Interessante)

A pizza no Brasil
Pizza Margherita
[RICH_REVIEWS_SNIPPET] Taxa & revisão
Amigos: O maior trunfo que possuo. Encontrei este artigo interessante? Partilhar na sua rede de contatos Twitter, em seu mural no Facebook ou simplesmente pressione “G ” sugerir este resultado nas pesquisas do Google. Divulgar conteúdos que são relevantes para este blog ajuda a crescer. Obrigado!
A diferença entre os vários tipos de levedura

Diferença entre vários tipos de levedura

Diferença entre vários tipos de levedura?

O processo de provar que pode ser resumido em três categorias diferentes: Leavening Chemical, leavening físico e biológico de fermentação.

Estamos acostumados a ver o fermento em maneiras diferentes, sob a forma de massa de pão, grânulos secos, ou como sourdough.

O que é a diferença entre os diferentes tipos de leveduras?

Fermento é um processo que permite a formação de gás dentro de uma massa de pão, ele faz aumento de volume, tanto antes, tanto durante o cozimento.

Vamos ver como esses processos ocorrem.

PROVANDO FÍSICA

A massa folhada aumenta com o processo físico
A massa folhada, produzido com o processo de fermentação física

Esta técnica é amplamente utilizado em produtos de confeitaria. Este tipo de fermentação ocorre devido à expansão térmica da massa durante o cozimento. Os produtos que contêm dentro de ovos brancos são exemplos brilhantes: a massa misturada ovo branco, graças à estrutura proteica, consegue manter o ar dentro; enquanto cozinha as bolhas de ar permanecem presos na estrutura da malha da proteína re-inflar o doce. Outro exemplo deste tipo de fermentação é dado pela massa folhada, em que as camadas de gordura, tais como manteiga e margarina são empilhados em camadas de massa. No cozimento, o vapor de água que é formada entre as camadas pesquisados ​​é restringido em gordura, criação de áreas vazias dentro do produto.

PROVANDO QUÍMICA: YEAST pó químico

Fermento em pó
Fermento em pó

Este tipo de fermentação, é utilizado em muitos produtos de padaria especialmente nos bolos profissionais e domésticos. A função desta levedura é para produzir dióxido de carbono durante a cozedura, re-inflar a massa. O fermento é um composto formado principalmente por pó de bicarbonato de sódio combinada com um elemento de ácido que produz dióxido de carbono durante a cozedura. Os primeiros fermentos foram criados no final do industrialmente 1800. Outro tipo de fermentação químico é representado por bicarbonato de amónio ou amoníaco para doces, que é usado na preparação de biscoitos secos especialmente. A desvantagem deste tipo de levedura é dado justamente pelo cheiro de amônia, que deve ser eliminado no cozimento seguinte o timing certo.

PROVANDO BIOLÓGICA: Levedura e MÃE Cervejaria

Levedura e picado Secas
Levedura e picado Secas

Fermentando produtos orgânicos dióxido de carbono através de mecanismos de fermentação alcoólica que ocorrem ao nível celular; os dois principais agentes de fermentação são comprimidos de levedura eo fermento natural ou leveduras. Os mecanismos de fermento biológico eram conhecidos desde os tempos antigos, Quando misturas de água e farinha estavam descansados ​​desenvolvimento de levedura que, em seguida, na culinária produto rigonfiavano. Em 1930 Isolou-se a primeira levedura e realizada a uma produção industrial. A levedura comprimida é apresentado tanto na forma de massa é na forma de grânulos desidratados. O nome correto é Saccharomyces cerevisiae (da cerevisia, cerveja, no latino) e é um fungo unicelular que se reproduz por brotamento.

Comumente chamado levedura de cerveja porque, no passado, foi extraída a partir de depósitos que se formou durante a fermentação de barris de cerveja, hoje é produzida com um composto a partir de melaço; subseqüentemente, através de processos industriais, a levedura é comprimido em bolos.

Desidratado: A mesma levedura é desidratada por redução de humidade e a obtenção dos grânulos de levedura seca.

A Saccharomyces cerevisiae é um fungo que começa a reproduzir, na presença de oxigénio: Isto ocorre graças à presença de ar incorporado durante os passos de misturar. Fora de oxigênio, o fungo desencadeia um mecanismo de fermentação que produz o álcool etílico e a parte de dióxido de carbono que é utilizada para inflar o re-alveolar e massas, antes e durante o cozimento.

levedura Mãe Natural
Levedura

O fermento natural ou garimpeiro é um importante processo biológico de fermentação. Foi utilizado no cozimento muito antes da levedura, o fermento é uma mistura de água e farinha, deixado a fermentar à temperatura ambiente, desenvolve colónias de leveduras e bactérias de ácido láctico e que reproduzem, na fase de mistura, têm poder de fermentação. O processo de fermentação é igual ao da levedura: fermentação alcoólica com produção de gás que criar volume e alvéolos no produto cozido. Ao contrário da levedura comprimida, com a qual tem em comum a presença de Saccharomyces cerevisiae, sourdough desenvolve dentro de vários colônias de leveduras e bactérias lácticas: o último é uma importante diferença entre o fermento comprimido e sourdough, como a sua fermentação desenvolve aromas e sabores demanda particular no campo da padaria. A maior acidez presente em massa levedada naturalmente também permite uma vida útil mais longa do produto, ou um atraso no endurecimento da mesma.

informações Para o website da sua empresa, entre em contato: S.c. Agência Web Marketing: www.silviocicchi.com
[RICH_REVIEWS_SNIPPET] Taxa & revisão
Amigos: O maior trunfo que possuo. Encontrei este artigo interessante? Partilhar na sua rede de contatos Twitter, em seu mural no Facebook ou simplesmente pressione “G ” sugerir este resultado nas pesquisas do Google. Divulgar conteúdos que são relevantes para este blog ajuda a crescer. Obrigado!
Digerir a pizza

Digest-a-pizzas

Digerir a pizza?

Tudo depende do grau de maturação massa

Ontem à noite, saímos para comer uma pizza, esta noite eu não dormi uma piscadela, Eu não conseguia digerir. Quantos de nós, infelizmente, foram encontrados nesta situação, ou tem alguém ouviu reclamando que maneira?

A pizza chegou maturidade digerível
Dough vir a maturidade.

Digerir a pizza? Tudo depende do grau de maturação da massa

O aumento é um dos passos mais importantes no processo de preparação de 'massa de pizza ou qualquer produto de padaria levedado. Todos nós sabemos o que o fermento: A mistura começa a inchar, os aumentos de volume, o mesmo fermentação continua mesmo durante o processo de Cooking, formação no interior das bolhas que tornam mais leve a nossa pizza.

O que influencia a fermentação?

  • temperatura
  • O tempo de subida
  • O sal
  • A água

Sem esta premissa a subir, vamos desfazer um comum Tabu: O Digestibilidade de uma pizza, não depende da fermentação, mas outro processo importante, que é chamado Maturação.

Envelhecimento: A farinha é composto principalmente de amido, que são açúcares complexos. No contato com a água, enzimas da farinha são activadas por atacar amidos e reduzi-los a açúcares simples: vai servir de alimento para o fermento e serão mais facilmente assimilados pelo nosso corpo. A combinação de farinha e água também desenvolve o glúten, ou seja, a rede de proteína que serve para dar a estrutura para a massa. O retículo é atacada por outras enzimas que têm a função de transformação das proteínas em aminoácidos, mais fácil de digerir. Então, a nossa pizza irá provar ser bem digerido quando o nosso sistema digestivo vai encontrar a massa cozida elementos simples que já foram tratados e reduzidos por enzimi.Tutto este processo é chamado de Maturação.

Conclusão: Qualquer tipo de massa é preparada colocando a quantidade certa de levedura, dando-lhe o tempo certo de descanso para permitir a maturação do trabalho corretamente.

informações O posicionamento nos motores de busca para este site, é constantemente monitorado e mantido por s.c. Agência de marketing Web: www.silviocicchi.com
[RICH_REVIEWS_SNIPPET] Taxa & revisão
Amigos: O maior trunfo que possuo. Encontrei este artigo interessante? Partilhar na sua rede de contatos Twitter, em seu mural no Facebook ou simplesmente pressione “G ” sugerir este resultado nas pesquisas do Google. Divulgar conteúdos que são relevantes para este blog ajuda a crescer. Obrigado!

Quais farinha de usar para pizza, sobremesas e massas caseiras?

Quais farinha de usar para pizza, sobremesas e massas caseiras?

Foto di diversi tipi di farina per indicare quale farina usare per pizza dolci e pasta preparati in casa
Quais farinha de usar para massa de pizza e sobremesas caseiras?

Durante a preparação da nossa comida que acontece muito frequentemente para perguntar que a farinha usada para preparar bolos e massa de pizza em casa. Cozinhar em casa, está de volta na moda graças à crise econômica! Parte do crédito também vai para os muitos programas de televisão na culinária e livros de culinária no mercado.

Quais farinha de usar para pizza, sobremesas e massas caseiras?

Como todos nós já sabemos, a massa de pizza pode ser suave, macio, friável ou esponjosa: estas características essencialmente variar dependendo do tipo de farinha usada, ou, bastante, a partir da mistura de farinha.
As pizzas, focaccia, e especialidades de padaria tipicamente, podem aparecer de forma diferente de acordo com sua própria escolha de farinha para o processamento. De Fato, além de água, óleo, sal e a levedura que usamos para a massa, a farinha é, de facto, uma estrela ingrediente na preparação de pizzas.
Não subestime que o fermento, l'ambiente, a temperatura do forno e o tipo de cozimento são fatores que pesam sobre o sucesso do produto final.

Tipo de Farinha 00, 0, 1 e 2

Como todos nós sabemos, a partir da moagem de sêmola de trigo duro e você começa o rodízio; em vez, quando se moer o trigo, que tem como produto final uma farinha branca, particularmente adequado para a preparação de pão e bolos. A farinha branca difere, dependendo do grau de peneiração é que o processo de maquinagem que consiste na separação da farinha de farelo.

  • Branco Tipo de farinha 00: capaz de peneirar igual 50% (ideal para massas e bolos)
  • Branco Tipo de farinha 0: capaz de peneirar igual 72% que haja um excelente produto para pão, pizza, pães e muitos outros produtos levedado.
  • Tipo de Farinha 1: capaz de crivação de 80%
  • Tipo de Farinha 2: capaz de crivação de 85%
  • Belas farinha: que é um pó muito fino de trigo, que é obtida a partir da parte mais interna do grão e suave. Farinha que é utilizada na produção de produtos de confeitaria, qualitativamente superiores, em termos de glúten.
  • Farinha integral: depois de sua moagem, Esta farinha não sofre mais processos de refino. E 'em si uma grande alternativa à farinha 0, na preparação de massas de pão rústico, mas também tem propriedades para saciar e regularizar nossos intestinos, graças à grande quantidade de fibras contidas nele.

A escolha de farinha.

Toda essa introdução que eu acho que é essencial ter uma idéia geral sobre os diversos farinha ITPI comercialmente. Geralmente, a mistura que se preparar para a pizza, é feita a partir de diferentes misturas de farinha tipo 0 e 00 ao qual deve ser adicionada à água, sal, levedura e qualquer gordura ou óleo. Para todos aqueles que desejam obter um rústico, deseja adicionar um pedaço de farinha de trigo integral, prestando muita atenção ao aumento dos tempos, que para a farinha integral vir a ser muito mais do que as massas com farinhas brancas.

A nossa pizza será de maior qualidade quando vamos usar a farinha feita a partir de produtos orgânicos, que não foram tratadas com pesticidas ou outros produtos químicos. Esta consideração aplica-se também a todos os outros alimentos que normalmente usamos em nossas casas ou no local de trabalho.

Resumo:
Farinha para pizza Ingrediente para a produção de pizzas, dependendo da farinha usada você terá uma massa macia, macio, friável ou esponjosa
Tipos de farinha Tipo de farinha
Branco Tipo de farinha 00
Branco Tipo de farinha 0 (ideal para pizzas)
Tipo de Farinha 1
Tipo de Farinha 2
Belas farinha: (ideal para pastelaria doce)
Farinha integral (regula o intestino e satisfaz)
Grau de peneiração
50%
72%
80%
85%
A escolha de farinha para pizza Não há um único tipo de farinha para a preparação de pizzas. Existem misturas caracterizadas por:

  • Tipo de Farinha 0 e 00: massa macia e fofa
  • Tipo de Farinha 0 e farinha de trigo integral: massa de pão mais grossa, aromático. → atenção: aumento dos tempos mais longos
  • Farinha de trigo e semolina: massa menos inchado
  • Farinha de trigo e farinha de espelta
  • Farinha de trigo e farinha de aveia
  • Farinha de trigo e farinha de amêndoa: massa doce
  • Farinha de trigo e especiarias: massa doce e mais energia
Farinha para pizza e doença celíaca Proibição absoluta de pizzas que consomem misturado com farinha de trigo (para celíacos). Possíveis misturas com farinhas sem glúten certificadas
Imagens de diferentes tipos de uso farina.Quale farinha para a pizza?
Qual usar farinha para pizza?

Para obter informações sobre os valores nutricionais de farinha, Consulte a página do wikipedia:http://it.wikipedia.org/wiki/Farina

[RICH_REVIEWS_SNIPPET] Taxa & revisão

Amigos: O maior trunfo que possuo. Encontrei este artigo interessante? Partilhar na sua rede de contatos Twitter, em seu mural no Facebook ou simplesmente pressione “G ” sugerir este resultado nas pesquisas do Google. Divulgar conteúdos que são relevantes para este blog ajuda a crescer. Obrigado!

temperatura de cozimento de pizza

A que temperatura para cozinhar a pizza

temperatura de cozimento de pizza

A que temperatura para cozinhar a pizza. Para fazer com que nossas pizzas "especial", leva ingredientes de qualidade, algum conhecimento e alguns conselhos. Às vezes, infelizmente, isso não é suficiente, Se você não estiver familiarizado com as características e potencialidades do forno que é usado.

Em seguida, antes de iniciar o que seria apropriado para ler essas dicas e aprender alguns truques para conseguir até mesmo em casa excelentes pizzas.

Os segredos da Pizza: o forno

Assumimos que todos os profissionais de pizza já está ciente das temperaturas de cozimento de pizza: sobre 300-320 graus para um forno elétrico ou a gás, e em torno do 450 graus para o fogão a lenha, então este artigo irá aprofundar o tema da pizza de cozimento para aqueles que se aventuraram a fazê-lo em casa, com o forno de casa clássico.

Você fornos, gás de cozinha, que tem uma temperatura máxima de 250 ° C, podem ser de dois tipos: ventilados e não ventilado. Se o seu forno não é ventilado, cozinhar a pizza na parte inferior; pelo contrário, se for ventilada cozinheiro no centro do forno. A única exceção é o pan pizza, que em ambos os tipos de forno é melhor para cozinhar o centro.

O conselho: O maior problema encontrado na cozinha de pizza no forno em casa, é quando você assar a pizza. A abertura da porta do forno, teremos a dispersão total do calor acumulado, para obviar este inconveniente, sugerimos que você use uma pedra de cozimento no fundo do forno, que, desta forma ser capaz de manter altas temperaturas, mesmo quando abrimos o forno para assar pizzas. Lembre-se de sempre trazer o forno a temperatura máxima, que normalmente é alcançado depois de tê-lo deixado em, pelo menos, 15 minutos.

**** Eu não tenho uma pedra de cozimento, Como faço para? Fácil, levar de quatro tijolo clássico e colocá-los na parte inferior do seu gás de forno. Você vai obter os mesmos resultados.

A que temperatura para cozinhar a pizza

Em fornos elétricos, ventilado e não, a pizza deve ser cozido na parte superior próximo aos elementos de aquecimento: Também neste caso, a placa de usar pedra refractária para manter a altas temperaturas, mesmo após o forno vai ser aberto. Para pan pizza, a primeira parte do cozimento deve ser feito na parte inferior do forno, então ultimarla topo, perto das resistências.

Fornos e gás elétrico é útil para adicionar um bacia com água quente antes de assar: servem para conferir umidade em’massa.

No que se refere a mono-fornos de pizza com pedra refratária a alta temperatura ou até mesmo fornos que pode cozinhar em 5 minutos, as pizzas são já inseridos recheado e pronto para ser cozinhado.

Os segredos da Pizza: tomate

Tomates mais adequados para as pizzas são o descascados San Marzano ou um tipo similar. Para obter o máximo de sabor, deve ser dividido com as mãos e, em seguida, temperada com sal, azeite de oliva extra virgem e manjericão.

Conselho para preparar o tomate topping mesmo um dia antes de cozinhar a pizza. Desta forma, o enchimento irá adquirir ainda mais sabor, mas você tem que tomar cuidado para mantê-lo bem coberto na geladeira para evitar a contaminação com outros sabores.

Os segredos da Pizza: mussarela

Sempre comprar o mussarela fresca, cortadas em fatias ou julienne para uma pizza redonda, mas lembre-se que para o um na panela é sempre melhor para cortar julienne à.
Você deve sempre usar mussarela fresca não só pelo seu sabor, mas também para garantir que a pizza não é nunca presente seca.

O mussarela de búfala só deve ser usado quando cozinhar é curto (digite fogão a lenha ou forno a 400 ° C), porque caso contrário a pizza seria muito aguado. No caso dos fornos que não atingem altas temperaturas devem ser sempre colocados no último minuto.

A que temperatura para cozinhar a pizza

Os segredos da Pizza: legumes

Blanch os legumes ligeiramente e ripassatele em uma panela com um fio de azeite extra-virgem. Adicioná-los pizza ou de tomate antes de assar, coprendole com mussarela. Se o forno não exceda 300 ° C, adicioná-los no último minuto.

O legumes grelhados em vez de ser instalada sobre a pizza sempre sai do forno e produto quente , deixando inalteradas todas as propriedades culinárias.

Os segredos da Pizza: salame

Um truque para evitar o salame de secar e perder o sabor: colocá-los sob a mozzarella, desta forma que preserva o sabor e qualidade. As exceções são, obviamente, aquelas receitas que especificam explicitamente adicione as salsichas de sair do forno.

Os segredos da Pizza: farinha

Uma coisa a saber sobre o W farinha é que, quanto menor o valor de W, mais curto leavening. Mas primeiro você precisa entender o que para indicar o O: é l 'unidade de medida da força da farinha, isto é, a resistência à pressão da farinha amassada.

Pela pão a escolha de uma parte de farinha adequada por W 180 até chegar ao 380, depende do resultado que você quer: variedades são tantos, a partir do modelo de base (pão "cafajeste", um com uma grande quantidade de migalhas) até um soprado.

Na preparação de bolo o melhor é usar uma farinha com W 180-200 para um tipo de Genovese massa macia, Considerando que pode chegar a até W 260 uma massa para crispy.
Para pizza, a escolha é de W 180 (por um curto período de levedação) e W 350 (para um fermento de médio-longo também usando dl frigorífico).

Se você não sabe o valor de W ou não é mencionado no rótulo pode ser misturado 70% farinha 00 clássico 30% de farinha de Manitoba e, certamente, não pode dar errado.

Os segredos da Pizza: água

Durante a temporada de inverno, a água deve estar em temperatura ambiente. D'estate, em vez, conselho para usar muito frio, mas lembre-se para dissolver o fermento em um pouco de água à temperatura ambiente e adicioná-lo diretamente para a farinha. Se a água da torneira é muito calcário utilizado o mineral.

A que temperatura para cozinhar a pizza
Assar uma pizza no cozimento de pedra

 

Se você quiser saber mais sobre a pizza, está disponível para você a nossa curso de pizzaiolo profissional on-line. Muitos vídeos à sua disposição, muitos útil ler, em nenhum momento você está se tornar um pizzaiolo especialista. O curso é on-line, assim você pode ler e aprender coisas novas quando você tem tempo disponível. A nossa escola de pizza irá emitir um certificado de pizzaiolo. Saber mais, clique aqui.

[RICH_REVIEWS_SNIPPET] Taxa & revisão

lavar as mãos

Queimaduras com forno, fogões, chapa. Como fazer.

Qual a pizza nunca experimentou a dor de uma queimadura solar? Dentro de casa, ou no trabalho, apenas um pouco de distração para adquirir uma pequena queimadura com ferro, água quente, chapa, panelas no fogão ou com o forno. Uma queimadura, mesmo que pequeno, devem ser tratados de imediato para evitar danos à pele. Burns, forno e fogão: aqui está como para aliviar a dor e que absolutamente não deve fazer.

queima com o forno

Sunburn do forno e fogão

Para queimaduras solares de forno e fogão aqui é como fazer com o DIY remédios imediato.

A primeira coisa a saber é que os remédios de uso doméstico de emergência são válidos apenas para pequenas escoriações, leve, superficial e restrita a áreas muito limitadas e, especialmente, para as partes menos sensíveis do corpo.

O queimadura leve ter vermelhidão, queima e eritema, com bolhas que provocam comichão. As queimaduras mais graves, em vez, ocorrem com bolhas maiores e cor mais pronunciadas.

A primeira coisa a fazer em caso de queimadura solar é colocar a parte sob uma corrente de água gelada, Também retirado do frigorífico, até que a dor desapareça e para criar um efeito analgésico.

lavar as mãos

Quando a temperatura da pessoa lesada começa a diminuir a dor é atenuada e fase começa cura. A queimadura é totalmente indefesos e são propensos a várias infecções. Por conseguinte, recomenda-se a aplicação várias vezes por dia cremes com uma elevada concentração de óxido de zinco, que além de aliviar a evitar a proliferação de bactérias.

Para queimaduras mais graves, é melhor aplicar pomadas antibióticas e, em qualquer caso, é sempre melhor para reparar a peça com a gaze estéril até que a ferida está curada.

Na farmácia existir molhos prontos (io uso lhe) que os emolientes e hidratantes de libertação.

O conselho na mais

Para queimaduras solares de forno e fogão deve saber como fazer e acima Não Fazer. E’ bem não usar óleo, álbum, batatas, farinha e talco porque retardar o processo de cura e também não são substâncias estéreis. Nunca colocar o ferimento em contato com o gelo, pois poderia criar lesão adicional devido à diferença de temperatura. Afinal, é melhor para não arranhar as bolhas, mas eventualmente quebrá-las com agulhas esterilizadas e desinfetá-los com bebidas não alcoólicas.

[RICH_REVIEWS_SNIPPET] Taxa & revisão

Potato focaccia

Potato focaccia

Potato focaccia

Potato focaccia

A focaccia batata, em aparência muito semelhante a uma pizza branco, é um facilmente acessível em muitos fornos da península.

Potato focaccia

Muito macia dentro, e nítidas em seus externa. A sua suavidade é devido ao facto de que entre os seus ingredientes incluem batatas, muito fácil de trabalhar, geralmente alta, e ressuscitado para a perfeição, dado o tempo muito mais curto do que o normal, focaccia subindo. Proponho esta receita para todos aqueles que querem experimentar em casa, o seu êxito é garantida, e pode ser realizada em poucas horas,. É normalmente temperada com azeite de oliva extra virgem e ervas aromáticas, como tomilho e alecrim, mas eles estão agora em muitos uma temporada com os ingredientes clássicos do prato de pizza: tomate, mozzarella, anchovas e assim por diante, e assim por diante.

INGREDIENTES PARA 8 PEOPLE

  • Farinha 00 500 g
  • Batatas pequenas com pasta branca2 o 3 batatas
  • A água morna150 ml
  • Fermento fresco15 g
  • O azeite extra virgem 3 colheres
  • Venda2 pitadas
  • Alecrim Suficiente

PREPARAÇÃO

Ferva as batatas em água fervente por cerca de 20 minutos, em seguida, descasque e amasse. Deixe-os esfriar completamente.

Em uma tigela grande peneire a farinha.

Adicione o purê de batatas, sal e 3 óleo colheres de sopa.

Dissolva o fermento em um copo com água morna e adicione o pouco líquido resultante a pouco na tigela com a farinha. Comece a amassar na tigela para combinar ingredientes, em seguida, transferir a massa em uma placa de pastelaria e continuar a sove por 10 minutos, até que uma bola macia e elástica

Deixe crescer por cerca de 1 h e 30 minutos ou até que a massa tenha dobrado.

Após tempo de subida, divida a massa em 4 partes a se espalhar em 4 assar bandejas numa espessura de cerca de 1,5 cm e com 20 cm de diâmetro.

Lembre-se de lubrificar as panelas com bastante azeite de oliva extra virgem. Deixe a massa crescer novamente deitado em bandejas por pouco menos de uma hora.

Antes de assar os bolos, tempere a gosto, tais como a adição de ervas, uma pitada de sal e um pouco de óleo.

COOKING

Preaqueça o forno arejado 220 ° C, em seguida, assar os bolos e cozinhe por cerca de 20 minutos.

Sirva quente, quente ou frio.

Pizza com batatas

 

[RICH_REVIEWS_SNIPPET] Taxa & revisão

pizzas feitas em forno de lenha

Fogão elétrico ou forno para cozinhar a pizza?

Assar em forno de lenha

 

Silvio Cicchi

Quando pensamos em pizza, salta imediatamente à mente a forma clássica do pizzaiolo com a pá na mão, antes de um forno de lenha.

Basicamente, existir 2 principais métodos de cozimento de pizza, no forno ou no fogão a lenha clássico. No momento em que aprenderam a associar a pizza com a ferramenta de cozinha antiga que é o forno a lenha, que dá excelentes resultados e contribui para a nossa pizza o cheiro característico da queima de madeira.

pizzas feitas em forno de lenha

Infelizmente, infelizmente não o suficiente para cozinhar uma pizza em um forno a lenha para garantir um bom resultado. Em seguida, neste tutorial, Vou tentar explicar como cozinhar uma pizza, e quais são os tipos mais utilizados de cozinhar, que são basicamente dois: com forno elétrico ou com um fogão a lenha.

Comece conversando sobre o nosso massa, que quando acionado sofre grandes alterações físicas: Aumenta o seu volume, formar uma crosta exterior e uma migalha no interior, sua superfície é colorida e desenvolve aromas e perfumes; perde a umidade e peso. O que mudou entre o então um tipo de forno e do outro?

FORNO

forno de pizza elétrico

Fornos eléctricos para a pizza tem uma câmara de confecção de altura retangular e profundidade variável; o solo é feito de material refractário e o calor é gerado por meio de resistências eléctricas colocadas no chão e no tecto do forno. A pizza redonda para a placa coze então em contacto directo com a pedra refractário receber calor por condução directa, ou através do contacto entre pedra e massa, por radiação de calor transmitido a partir das paredes e o céu do forno e, por convenção, isto é, o deslocamento de ar quente e vapor de água no interior da câmara de cozinhar.

Os fornos elétricos normalmente possuem dois grupos de resistências, superior e inferior, independentemente controlável: isto permite ao padeiro para gerir o calor proveniente da base do forno e a partir da parte superior do mesmo para ter uma cozedura uniforme também de acordo com o tipo de pizza na culinária.

A bandeja da pizza

No caso de preparados de pizza na forma por exemplo, o calor deve ter mais de sua base a ser conduzido através do metal da panela e transmitida para a massa de pão. Em massa de pizza redonda recebe calor do fundo, tal como é colocado em contacto directo com a pedra refractário, em seguida, o calor vai ter mais do céu forno. Um forno elétrico moderno pode assar pizzas para a perfeição, permitindo uma boa gestão de culinária que ocorre de forma mais uniforme do que um fogão a lenha, com melhor secagem do produto.

O FORNO

Assar em forno de lenha

Os fornos foram usados ​​desde a antiguidade para cozer o pão e mais tarde para pizza e focaccia. Um clássico forno a lenha é construído inteiramente em material refratário; a câmara de cozedura tem uma base de pedra encimada por um tempo refractário sempre ao qual está ligado um dreno para os fumos. O fogo é quase sempre posicionado no centro nos primeiros então começa a ser movido para um lado, durante todo o cozimento da massa de pão. A pedra de cozimento em função, bem como o tempo todo, são aquecidos pelo fogo, enquanto se mantém uma temperatura constante graças ao armazenamento garantidos por os materiais de construção. As pizzas cozidas em contacto directo com a pedra receber calor a partir da mesma e também para cozinhar de radiação e convenções graças ao calor das chamas presentes na câmara de cozinhar.

O tempo de cozimento de um forno madeira são reduzidas em comparação com um forno eléctrico: cozinhar com chama permite curto período de tempo que pode variar desde alguns minutos até 60 alguns segundos de pizzas napolitanas cozidos em chamas muito fortes para garantir a textura macia característica da pizza. A PIZZA cozido em FORNO tem um nariz diferente de um cozido em FORNO. O charme do fogão a lenha é a presença da chama que queima na câmara de queima e os componentes aromáticos desenvolvidas pelos vários tipos de madeira utilizados na culinária. A pizzas em forno a lenha, muitas vezes apresenta um aroma diferente de uma queda no forno, mas sobre o processo de cozimento real será o mesmo em relação aos quatro fenómenos físicos relatados no início do artigo. O fogão a lenha tem um mais difícil em comparação com o elétrico: A chama deve ser seguido com atenção e a pizza deve ser ativado na sua cozinha para garantir uma exposição ao calor homogênea. Um padeiro com experiência faz a diferença em uma pizzaria: muitas vezes, de fato, encontrar pizzas queimadas ou cozidos em um não-homogêneos, graças a uma gestão do forno não é o ideal.

OUTROS TIPOS DE FORNO

Outros tipos de fornos

Foto de um forno a lenha clássico, mas movido a gás.

DICAS ÚTEIS PARA QUEM FAZ DO FORNO PIZZA NO GAS clássica ou ELECTRIC CASA

cozedura de casa

Quando você faz pizza em casa, o maior problema frequentemente encontrado é dada pela dispersão do calor, ou seja, o forno devido à grande abertura da porta, nunca atinge as altas temperaturas necessárias para a cozimento de pizza. Tudo é resolvido através da inserção em seu forno de uma pedra de cozimento resistente, como mostrado acima. Pré-aqueça o forno bem com a pedra dentro do max, em seguida, assar sua pizza. Com este pequeno truque, imediatamente você terá bons resultados.

[RICH_REVIEWS_SNIPPET] Taxa & revisão

A receita da pizza e frito preparação

A pizza receita e preparação frito

A Receita Fried Pizza e Preparação chefe Silvio Cicchi.

A pizza frita

Este artigo irá introduzir a pizza receita e preparação frito. A pizza frita é muito difundida em todo o sul da Itália, parece que em cada região tem um nome e um recheio diferente!! As origens de pizza frita remonta à Segunda Guerra Mundial, quando as ruas de Nápoles mulheres fritar o simples massa de pizza, mas sem qualquer recheio ou tempero. Considerado uma variante do clássico de pizza mais pobres, com a passagem do tempo foi cheio de maneiras diferentes, até chegar à receita de hoje, que oferece um delicioso recheio de ricota e salame. A massa de pizza frita, bastante semelhante ao de Napolitano pizza clássica, discos de massa são preenchidos com ricota, pimenta e pedaços de gordura ou banha de porco. Em algumas regiões está prevista para ser usado queijo defumado, ou mussarela de búfala. Os discos de massa são recheadas, crescente dobrado como um calzone, e frito em óleo fervente semente até o escurecimento. Hoje, os mais populares e clássicos de pizza frita é, sem dúvida, recheado com ricota e salame.

A Receita Fried Pizza e Preparação

receita de pizza frita e preparação

 

A pizza frita

 

[RICH_REVIEWS_SNIPPET] Taxa & revisão

Erros a não fazer ao preparar a pizza em casa

Alguma vez você já tentou fazer pizza em casa?

Pizza massa com a mão
Pizza massa com a mão

Todos nós já tentou pelo menos uma vez para fazer pizza em casa, obtenção de resultados diferentes, satisfeito por alguns
produto obtido, Delicioso, bom ver, com ingredientes cuidadosamente selecionados, Acontece, por vezes,, que a nossa pizza
assim como não podemos imaginar o.

Não parece o caso a ser desencorajado, fazendo um pó’ atenção e seguir o nosso conselho, você pode obter
excelentes resultados, mesmo em sua própria casa.
Nos muitos anos que eu faço esse trabalho, Eu adquiri a experiência e os conhecimentos necessários, Aconteceu-me muitas vezes
saborear a pizza caseira feita a partir de várias mais ou menos bom, e eu tentei incorporar este artigo uma lista
defeitos encontrados, de modo que você pode enfrentar e resolver durante a preparação da sua casa pizzas
seu.
Esta é uma lista dos erros mais comuns:

Cheiro forte de levedura
O uso de farinha não são adequadas para a massa de pizza
Um uso incorreto de’massa na preparação de pizzas
Mau uso de ingredientes “aquosa” tais como tomate, i funghi, mussarela.

Cheiro forte de levedura

O temor de que todos aqueles que se preparam pizza em casa é a seguinte: Mas se ele não subir, o que comer no jantar? que figura fazemos com os convidados? e, em seguida…..baixo com um lote de levedura!!!! É claro que a sua massa vai crescer com certeza, mas haverá consequências negativas para a sua pizza. Isto é o que poderia acontecer: Você terá uma subida muito rápida, mas isso impede a maturação da, enquanto festejando sua pizza, você terá um forte cheiro de massa de levedura e pizza, um pouco de fragrância e um aroma subtil,a fragrância dominante será apenas a de lievito.La sua pizza será esponjoso, e tendem a desintegrar-se e secam facilmente.
Resolva esse erro facilmente, testar-se a quantidade certa de fermento para cada quilo de farinha é realmente alguns gramas, como você pode ver em nossa receita básica para pizza, Comece usando apenas metade de um cubo de fermento, em seguida, nos próximos mixes usatene menos, até encontrar o equilíbrio certo entre os tempos de mistura e da maturação adequada.

O uso de farinha não são adequadas para a massa de pizza

Quando você decide fazer pizza em casa, nem sempre têm o direito de farinha para preparar o pré impasto.Magari restava metade saco de farinha que você usou para fazer doces ultimamente e decidir usar que.
Os resultados obtidos podem ser:
Uma subida muito rapidamente, Uma pequena massa consistente, durante a preparação da massa você vai notar que ele tende a rasgar e
um bucarsi, depois de cozinhar a massa pode ser muito friável. A razão para isto é devido à baixa quantidade de glúten contido na sua fraqueza farina.La ele vai perfurar durante o processamento, também se opõem pouca resistência aos gases que se formam durante a fermentação e, em seguida, irá inchar rapidamente.
Com esses recursos, você vai ter, como no caso de um excesso de levedura, um pouco de pizza perfumado e aromático e sempre para o
mesma razão: pouco tempo para o envelhecimento e a formação de compostos aromáticos para aumentar rapidamente.
Para evitar esse problema, você precisa escolher as refeições com maior teor de glutine.Sommariamente pode ser dito para usar
farinha “0” e talvez verificar que o teor de proteína relatado na rotulagem nutricional é, pelo menos, 10%.

Uma utilização incorrecta na preparação de massa de pizza

Quando preparamos as pizzas para a nossa casa e nós espalhar a massa, de qualquer forma queremos chegar, inexperiência, muitas vezes acontecer de trabalhar por muito tempo, ou talvez reimpastarlo novamente para poder começar de novo.
A massa não deve ser tratado de forma, e reage assim:
Vai se tornar bolas de desenho cada vez mais difíceis
torna-se difícil e muito elástica para a implantação de
No passo de cozinhar, a pizza não incha e permanece compacto e biscoito
Tudo isso porque manipular a massa muito tempo temos a perda de gás subindo e reação ao glúten
a massa que endurece.
A perda de gás de fermentação é devido ao esmagamento repetidos: esmaga e rischiaccia, gases que fizeram
l'impasto gonfio, suave fermentado e escapar, retornando a mistura quase ao volume inicial e deixando muito compatto.Il glúten, que podemos imaginar como um conjunto de minúsculas cordas, reage à manipulação “ondulação”. A consequência, para o nível de sensibilidade de acordo com as mãos, a massa é mais difícil, mais elástica e, portanto, mais difícil de rolar para fora.
Devemos fazer todo o possível a montante para evitar este problema está presente:
preparar as bolas com cuidado, evitando misturar muito, acompanhando o movimento somente com as palmas das suas mãos. A
bola que tem mantido o seu direito quantidade de gás é a semente para ser capaz de obter uma forma e textura normal
Deixe repousar corrigido bolas, a fim de torná-lo atirar um pouco’ subindo para “recarregar” il perduto gás
o resto também ajuda o glúten e glúten ridistendersi e um relaxante facilita grandemente a propagação, porque diminui a elasticidade
aprender a escrever bem esmagando a bola o menos possível com as mãos. “Está bem, mas no entanto, se por qualquer razão que eu tenho para manipular a massa não têm muita esperança?”
Se também utilizar toda a atenção, você é forçado a remodelação ou ter que manipular uma bola, conveniente proceder, reformando a bola e deixá-la descansar por pelo menos 10 minutos (talvez se você tiver mais de espalhar, deixar isso para última), sempre para dar um mínimo de tempo ao glúten para relaxar e ao surgimento de uma pequena reforma’ di gás.

Exagerar no tomate ou outras coberturas aquosa

Cozinhe uma pizza à perfeição significa ser capaz de perder água para os ingredientes do tempero, casas de banho sem a massa e permanece lá para fazer a poça.
Quando não for possível obter este resultado:
a pizza não cozinhar bem no disco central, permanece elástico e semicruda na camada logo abaixo da vestir
excesso de água permanece sobre a pizza eo corte banha tudo
água pode vazar de cozinha a pizza e ir na superfície de cozedura, sujidade e escaldante
É uma falha grave, porque compromete o sucesso de pizzas, tornando-se intragável mesmo nos piores casos.
O maior risco que se corre com o uso de:
mozzarella muito aguado, não drenado
tomate muito aguado, não drenado
muito tomate
muitos cogumelos
temperatura do forno muito baixa

[RICH_REVIEWS_SNIPPET] Taxa & revisão

Pizza chef executivo